OTÁZKY A ODPOVĚDI

O que é toxoplasmose?

Toxoplasmose é uma doença causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii. Distinguimos várias formas de toxoplasmose. Toxoplasmose aguda rebenta 1 a 3 semanas após a infecção, e geralmente ocorre sem sintoma. Às vezes, pode ser com um sintoma de doença viral comum. Em muitos casos, os nódulos da garganta e do maxilar também são ampliados nos pacientes. Em indivíduos com transtornos imunes graves, por exemplo, em pacientes com AIDS ou pacientes com transplante de órgãos, infecções latentes mais antigas também podem ser reativadas e podem ser mais letais no cérebro / reativação de toxoplasmose latente do que em infecções agudas / frescas. Para resto das pessoas, uma infecção aguda desaparecerá espontaneamente em alguns meses, e a doença passará para a toxoplasmose chamada “latente”, a forma mais comum de toxoplasmose. Quando uma pessoa tem latente forma da toxoplasmose, tem no sangue anticorpos IgG contra o toxoplasma (para que não possam se infectar novamente) e em vários órgãos, como no cérebro, nos músculos e nos testículos tem a forma o repouso do parasita. A forma mais aleivosa de toxoplasmose é a toxoplasmose congênita. Isso pode ocorrer quando uma mulher é infectada durante a gravidez (o que acontece muito raramente) e infecção é transmitida através da placenta para o feto em desenvolvimento. No primeiro trimestre de gravidez é a probabilidade de contágio da mãe recém-infectada para o feto de cerca de 15%, mas as consequências podem ser muito graves (aborto, nascimento de uma criança com defeitos de desenvolvimento graves, incluindo hidrocefalia e microcefalia). Se fosse infectará uma mãe durante o terceiro trimestre da gravidez, o risco de transmissão da doença ao feto é de até 70%, mas as conseqüências são bastante menores, tipicamente funcional, por exemplo, inflamação da retina. Os médicos podem reduzir a probabilidade de transmissão da contágio para o fetal e danos mais graves ao feto pela administração de medicamentos contra a toxoplasmose aguda para a mulher infeactada grávida e um recém-nascido infectado. A última forma de infecção é a forma ocular – danificação da retina, mas não exclusivamente, devido a infecções congênitas. A inflamação da retina pode recorrer várias vezes e pode levar a cegueira ao olho afetado.